Conheça Três Lagoas

História

Três Lagoas é um município brasileiro da região Centro-Oeste, localizado no estado de Mato Grosso do Sul. Trata-se da quarta cidade mais populosa e importante desse estado e do 25º município mais dinâmico do Brasil. Fundada em 1915, sua colonização iniciou-se na década de 1880 por Luís Correia Neves Filho, Antônio Trajano dos Santos e Protásio Garcia Leal. Seu nome origina-se das três lagoas que existem na região.

A cidade apresenta uma razoável distribuição de renda e não possui bolsões de pobreza. Trata-se de um centro regional e tem todas as amenidades necessárias em um centro urbano, além de fornecer aos seus cidadãos alta qualidade de vida. De acordo com estimativas do IBGE de 2011, possui uma população de mais de 100 mil habitantes, sendo a quarta cidade mais populosa de Mato Grosso do Sul, além de ser o 271º maior município brasileiro e o 138º maior município interiorano do Brasil.

Situada em um entroncamento das malhas viária, fluvial e ferroviária do Brasil, possui acesso privilegiado às regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país e a países da América do Sul. Devido a isto, à disposição de energia, água, matéria-prima e mão-de-obra, a cidade no momento passa por uma fase de transição econômica e rápida industrialização. Apresenta, ainda, grande potencial turístico. Três Lagoas tem recebido bilhões de dólares em investimentos e é esperado que até 2011 se torne a segunda cidade, em termos econômicos e políticos, de Mato Grosso do Sul. Também foi apontada pela Revista Exame como um dos mais promissores pólos de desenvolvimento do Brasil. A cidade também ficou com o 306º maior potencial de consumo (IPC Marketing) entre todas as cidades brasileiras em 2010, com índice de 0,045%.

Localização

O município de está situado no sul da região Centro-Oeste do Brasil, no leste de Mato Grosso do Sul (Microrregião de Três Lagoas). Localiza-se na latitude de 20º45’04” Sul e longitude de 51°40’42” Oeste. Distâncias:

339 km da capital estadual (Campo Grande)

864 km da capital federal (Brasília).

Geologia

O município está inserido em litologias dos Grupos São Bento e Bauru, da Bacia do Paraná, e de coberturas cenozóicas. As coberturas cenozóicas detrito-lateríticas compõem-se de dois tipos: coberturas detrítico-lateríticas terciárias e quartenárias e aluviões recentes.

O solo é composto, principalmente, dos tipos latossolo vermelho escuro e podzólico vermelho escuro, com teor de acidez entre 4,3 e 6,2 de pH. Trata-se de solos minerais, não hidromórficos, altamente intemperizados, apresentando horizonte B latossólico e podendo ser profundos ou muito profundos, bem drenados ou acentuadamente drenados, friáveis e muito porosos. Os outros tipos de solo que podem ser encontrados em Três Lagoas são latossolo roxo distrófico (em regiões cobertas por faixas de Mata Atlântica), podzólico vermelho-amarelo, planossolo álico, glei pouco húmico distrófico, areias quartzosas álicas e solos litólicos distróficos.

No perímetro urbano, o solo altamente poroso é um empecilho às grandes construções, pois não oferece sustentação suficiente a pesadas estruturas. Este é um dos motivos para os poucos prédios que se encontram na cidade.

Relevo e altitude

Sua menor altitude é de 260 metros na barranca do Rio Paraná, e a maior é de 518 metros, na Serrinha do distrito de Garcias. No núcleo urbano, a altitude média é de 320 metros. No município, a altitude média varia entre 350 e 400 metros.

Clima

O município de Três Lagoas pertence à zona climática designada pela letra A, sendo seu tipo climático o Aw, de acordo com a classificação de Köppen. O tipo Aw caracteriza-se como clima tropical quente e úmido. A temperatura média local é de 26°C. Possui estação chuvosa no verão e seca no inverno. O total anual das precipitações em áreas de influência direta do tipo Aw está compreendido entre 900 mm e 1.400 mm.

Devido a sua posição, no entanto, Três Lagoas, com as massas de ar vindas do sul, do leste e do oeste que se encontram sobre seu território, possui peculiaridades quanto ao seu clima, que é diferente do centro de Mato Grosso do Sul e do oeste paulista.

No inverno, geralmente não há chuvas durante três meses, do início de junho ao fim de agosto e, às vezes, até meados de setembro. Entre julho e setembro, há um déficit hídrico anual pouco superior a 30 mm, mas a água permanece no solo durante a maior parte da estiagem. Essa estação também encontra-se cada vez mais quente, e raramente encontram-se as geadas que costumavam ser comuns até a década de 1980. Anteriormente, durante o inverno, a temperatura treslagoense aproximava-se de zero, algumas vezes chegando a negativa.

O trimestre de maior precipitação reflete o verão austral (novembro, dezembro e janeiro), dezembro sendo o mês de maior precipitação, com tempestades de verão sempre vindas do sul. A chuva é abundante e, na maioria das vezes, acontece nos fins das tardes, limpando-se o céu ainda antes do anoitecer. Assim como os invernos, os verões apresentam-se cada vez mais quentes. O regime chuvoso, no entanto, ainda não se modificou visivelmente. A média pluviométrica é de 100 mm mensais entre outubro a março. Já em março, a precipitação pluviométrica começa a diminuir.

Área

Tem 10 235,8 km² de extensão e seu território se estende até a divisa com o estado de São Paulo.

O município de Três Lagoas está localizado no extremo leste de Mato Grosso do Sul, expandindo-se para além do Rio Sucuriú e do distrito de Arapuá ao norte e oeste, respectivamente, e tendo o Rio Paraná e o estado de São Paulo ao leste, e o Rio Verde ao sul.

Características geográficas

Área: 10 206,370 km² (BR: 132º MS: 4º)
Área urbana: 18,48 km² (BR: 152º MS: 4º) – est. Embrapa
Distritos: Três Lagoas (sede), Arapuá, Garcias, Guadalupe do Alto Paraná, Ilha Comprida
População: 103 224 hab. (BR: 268º BR interior: 130º MS: 4º) – est. IBGE 2012

Densidade: 10,144 hab/km²
Altitude: 319 m
Clima: Tropical Aw
Fuso horário: UTC−4

Indicadores

IDH: 0,784 alto PNUD/2000
Gini: 0,460 (BR: 69º) – est. IBGE 2003

PIB: R$ 2 014 697,000 mil (BR: 215º BR int: 107º MS: 4º) – IBGE/2009
PIB per capita: R$ 22 512,35 IBGE/2009